A economia da religião e seus fundamentos: teste de um modelo de escolha religiosa

Autores

  • Lívio Luiz Soares de Oliveira Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser
  • Renan Xavier Cortes Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser
  • Giácomo Balbinotto Neto Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-41612011000400006

Palavras-chave:

religião, economia da religião, escolha racional

Resumo

O objetivo deste trabalho é expor, com base na literatura de Economia da Religião, a premissa de racionalidade humana relacionada ao comportamento religioso. Serão abordados conceitos e definições da Economia da Religião, o objeto de interesse dessa disciplina, isto é, as questões com as quais se preocupa, além de discutir-se, sucintamente, a origem e a evolução da Economia da Religião. Discutem-se dois dos fundamentos teóricos da Economia da Religião: a Escolha Racional e a Teoria do Consumidor aplicada à religião. Como contribuição empírica, realizou-se um teste de um modelo de escolha religiosa empregando a técnica de Análise de Discriminante. Por último, serão discutidas as vantagens, objeções e críticas relativas à Teoria da Escolha Racional Religiosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Azzi, C., Ehrenberg, R. (1975) Household allocation of time and church attendance. Journal of Political Economy, v. 83, n.1, p. 27-56.
Becker, Gary S. (1964) Human Capital: A Theoretical and Empirical Analysis with Special Reference to Education. National Bureau of Economic Research (NBER), Nova Iorque.
Becker, Gary S. (1965) A Theory Allocation of Time. Economic Journal, v. 75, n. 299, p. 493-517.
Becker, Gary S. (1976) The Economic Approach to Human Behavior. University Chicago Press, Chicago.
Comte, Auguste. (2000) The Positive Philosophy (v. I, II e III). Traduzido por Harriet Martineau, Batoche Books, Ontário, Canadá [London George Bell & Sons 1896].
Durkheim, Émile. (2001) As Formas Elementares da Vida Religiosa. Editora Paulus, segunda edição.
Elwell, Walter A. (Editor). (1990) Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã. Sociedade Religiosa Edições Vida Nova, São Paulo, v.2, primeira edição em português, abril.
Frank, Robert H. (1985) Choosing the Right Pond: Human Behavior and the Quest for Status. New York: Oxford University Press.
Frank, Robert H. (1988) Passions Within Reason: The Strategic Role of Emotions. New York: Norton.
Freud, Sigmund. (2006) O Futuro de uma Ilusão, o Mal-Estar na Civilização e outros trabalhos (1927-1931). Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, Editora Imago, v. 21, Rio de Janeiro.
Frigerio, Alejandro. (2008) O paradigma da Escolha Racional: Mercado regulado e pluralismo religioso. Tempo Social. Revista de sociologia da USP, v. 20, n. 2, p. 17-39.
Guimarães, Inácio A. (2000) Construção e avaliação de uma regra de conhecimento e classificação de clientes de uma instituição financeira com base em análise multivariada. (Dissertação de Mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Curitiba: UFPR.
Iannaccone, Laurence. R. (1984) Consumption Capital and Habit Formation with an Application to Religious Participation. Ph.D. dissertation. University of Chicago, Department of Economics.
Iannaccone, Laurence. R. (1990) Religious Practice: A Human Capital Approach. Journal for the Scientific Study of Religion, v. 29, n.3, p. 297-314.
Iannaccone, Laurence. R. (1992) Religious Markets and the Economics of Religion. Social Compass, v. 39, n.1, p. 123-131.
Iannaccone, Laurence. R. (1995) Voodoo Economics? Reviewing the Rational Choice Approach to Religion. Journal for the Scientific Study of Religion, v. 34, n.1, p. 76-89.
Iannaccone, Laurence. R. (1997) Rational Choice Framework for the Scientific Study of Religion. Em: Young, Lawrence A. (Org.), Rational choice theory and religion: summary and assessment. p. 25-44, New York: Routledge.
Lawrence A. (1998) The Economics of Religion: A Survey of Recent Work. Journal of Economic Literature, v. 36, p.1465-1496, setembro.
Mariano, Ricardo. (2008) Usos e limites da Teoria da Escolha Racional da Religião. Tempo Social, v. 20, n.2, p. 41-66, novembro.
Miller, Alan S. (1995) A Rational Choice Model of Religious Behavior in Japan. Journal for the Scientific Study of Religion, v.34, n.2, p.234-244.
Pesquisa Social Brasileira – PESB 2004. Disponível sob consulta em: <http://www.cpdoc.fgv.br/fgvopiniao/>. Acesso em: 02/08/2011).
Tawney, R. H. (1955) Religion and the Rise of Capitalism. Mentor Books, EUA.
Warner, Stephen. Work in progress toward a new paradigm for the sociological study of religion in the United State. American Journal of Sociology, v. 98, p.1044-1093.
Weber, Max. (2001) A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. Editora Martin Claret, São Paulo [1904].
WORLD CHRISTIAN ENCYCLOPEDIA. Religions. Disponível em: <http://worldchristiandatabase.org/>. Acesso em: 2 de agosto de 2006.
Young, Lawrence A. (Org.), Rational choice theory and religion: summary and assessment. Routledge, New York, 1997.

Downloads

Publicado

2011-12-01

Edição

Seção

Não definida