Língua e cultura pop japonesa no Brasil: resultados de uma pesquisa de campo em São Luís (MA) e Fortaleza (CE)

Autores

  • Elisa Massae Sasaki Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Letras. Departamento de Letras Clássicas e Orientais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i35p10-26

Palavras-chave:

Língua japonesa, Cultura japonesa, Cultura pop japonesa, Pesquisa de campo, Brasil

Resumo

Este artigo apresentará algumas considerações feitas a partir da pesquisa de campo sobre a língua e cultura japonesa no Brasil, realizada nas cidades de São Luís (MA) e Fortaleza (CE). Isso foi parte de uma pesquisa chamada “Japanese language as the networking ties” que tinha como objetivo elucidar o papel da língua japonesa enquanto “laço”, isto é, conhecer em que medida a língua japonesa contribui para formar comunidades fora do Japão. A pesquisa focou nas pessoas do grupo chamado ‘nihongo-jin’ que, em entrevistas, relataram o contato que tiveram com a cultura pop japonesa e como isso levou-os a estudarem a língua japonesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Massae Sasaki, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Letras. Departamento de Letras Clássicas e Orientais

Professora Adjunta do Setor de Japonês, do Departamento de Letras Clássicas e Orientais (LECO), do Instituto de Letras (ILE), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Downloads

Publicado

2015-03-07

Como Citar

Sasaki, E. M. (2015). Língua e cultura pop japonesa no Brasil: resultados de uma pesquisa de campo em São Luís (MA) e Fortaleza (CE). Estudos Japoneses, (35), 10-26. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i35p10-26

Edição

Seção

não definida