A manutenção do espanhol e a consciência linguística das crianças peruanas no Japão: um experimento de aulas de língua espanhola (amigos espaneses) no empoderamento da identidade

Autores

  • Sachie Miyazaki Sophia University Junior College Division

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i36p94-122

Palavras-chave:

Língua de herança, Identidade, Consciência linguística, Perda da primeira língua, Empoderamento

Resumo

O Japão tem passado por um crescimento na população de estrangeiros durante as últimas duas décadas. De muitas maneiras, esse crescimento trouxe diversidade à cultura, educação e comunidades. Durante a primeira década, especialmente, os educadores não tinham treinamento especializado e se esforçavam para lidar com diversidade cultural e linguística das crianças. Apesar de a situação estar melhorando, tanto para os professores quanto para as crianças, ainda é difícil para estas manterem sua primeira língua e sua identidade cultural no Japão. Uma das razões para essa dificuldade é que o apoio governamental tende a enfatizar o ensino da língua japonesa nos estágios iniciais, e há uma falta de entendimento sobre a importância de se favorecer o bilinguismo das crianças no sistema educacional público. Este artigo estuda como o Programa para a Língua de Herança pode contribuir para o empoderamento das minorias no Japão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sachie Miyazaki, Sophia University Junior College Division

Docente da Sophia University Junior College Division.

Downloads

Publicado

2016-03-07

Como Citar

Miyazaki, S. (2016). A manutenção do espanhol e a consciência linguística das crianças peruanas no Japão: um experimento de aulas de língua espanhola (amigos espaneses) no empoderamento da identidade. Estudos Japoneses, (36), 94-122. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i36p94-122

Edição

Seção

não definida