Haicai, Tabaco e Saquê (A Poesia de Santôka e o Regresso ao Coração do Poema Japonês)

Autores

  • Valdinei Dias Batista

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i18p101-113

Palavras-chave:

Poética, Estética.

Resumo

O texto discute o poema haicai do ponto de vista do gênero, utilizando-se, para isso, da definição de Hegel (na Estética) dos gêneros (épico, lírico e dramático). Aborda, assim, dois momentos da história do haicai: o haicai clássico de Bashô (de tendência épica) e o haicai moderno de Santôka (de tendência lírica).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Batista, V. D. (1998). Haicai, Tabaco e Saquê (A Poesia de Santôka e o Regresso ao Coração do Poema Japonês). Estudos Japoneses, (18), 101-113. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i18p101-113

Edição

Seção

Artigos