O cinema de Kurosawa: a arte total

Autores

  • Alexandre Lúcio Sobrinho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i24p7-20

Palavras-chave:

Literatura e Cinema, Escola de Frankfurt, Akira Kurosawa, Cinema Japonês, Arte Total, Richard Wagner.

Resumo

Este trabalho procura apresentar argumentos favoráveis para se considerar os filmes de Akira Kurosawa como obras de arte. A antítese é dada pelos argumentos da Escola de Frankfurt,contrários à indústria do cinema,e,em última instância,às possibilidades artísticas do Cinema. Na síntese,procuramos esboçar,por meio do exemplo de Kurosawa,a idéia de que o Cinema tem a possibilidade de realizar o que Wagner chamou de “arte total”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Lúcio Sobrinho, A. (2004). O cinema de Kurosawa: a arte total. Estudos Japoneses, (24), 7-20. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i24p7-20

Edição

Seção

não definida