Alunos de Shodô do município de São Paulo e sua prática artística

Autores

  • Rodrigo Moura Lima de Aragão

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i29p141-155

Palavras-chave:

shodô, arte da caligrafia japonesa, ensino de shodô, alunos de shodô, shodô em São Paulo.

Resumo

Neste artigo, são apresentados e analisados dados referentes a uma parcela dos alunos de shodô do município de São Paulo e dados relacionados à sua prática artística. A partir da aplicação de questionários em oito espaços/associações de São Paulo nos quais o shodô é ensinado, reuniram-se, neste trabalho, os seguintes dados: idade, sexo e nacionalidade dos alunos de shodô das instituições visitadas; nível de conhecimento desses alunos quanto à língua japonesa; tempo de prática de shodô dos respondentes; estilos de shodô praticados por esses alunos; razões pelas quais os alunos das instituições visitadas praticam shodô. Além disso, procedeu-se neste estudo à análise desses dados, a fim de sugerir percursos para o futuro desenvolvimento do shodô em São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Aragão, R. M. L. de. (2009). Alunos de Shodô do município de São Paulo e sua prática artística. Estudos Japoneses, (29), 141-155. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i29p141-155

Edição

Seção

não definida