Nunobiki - Camilo Pessanha, Wenceslau de Morais e o “fonógrafo”

Autores

  • Paulo de Tarso Cabrini Junior Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i31p145-154

Palavras-chave:

Camilo Pessanha (1867-1926), Wenceslau de Morais (1854-1929), Budismo. Clepsydra, 1920.

Resumo

Camilo Pessanha, Wenceslau de Morais e o “Fonógrafo”. Este artigo procura demonstrar as relações entre a crônica publicada por Wenceslau de Morais (1854-1929), intitulada “A Primavera”, e o poema “Fonógrafo”, de Camilo Pessanha (1867-1926), que faz parte do único livro lançado pelo poeta português (Clepsydra, de 1920). A comparação propõe novas leituras do poema, e procura contribuir, também, para os estudos acerca do influxo budista na obra de Pessanha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo de Tarso Cabrini Junior, Universidade Estadual Paulista

Doutorando em Letras, Universidade Estadual Paulista, Campus Assis.

Downloads

Como Citar

Cabrini Junior, P. de T. (2011). Nunobiki - Camilo Pessanha, Wenceslau de Morais e o “fonógrafo”. Estudos Japoneses, (31), 145-154. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i31p145-154

Edição

Seção

não definida