Fatores sociais e freqüência de empréstimos do português no japonês falado pelos imigrantes no Brasil - o caso do distrito federal

Autores

  • Megumi Kuyama Universidade Federal de Sao Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciencias Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i20p69-85

Palavras-chave:

empréstimo lexical, fatores sociais, freqüência de empréstimos, issei

Resumo

Neste estudo, tratamos o empréstimo lexical como uma das características mais marcantes observadas na língua falada dos isseis no Brasil, fenômeno que surge no estágio inicial do contato lingüístico. Para a pesquisa de campo do presente estudo, que foi realizada em forma de entrevista com isseis, foi escolhido o Distrito Federal. Com o objetivo de apreender acerca da interação entre os fatores sociais e freqüência, apresentamos um levantamento estatístico da freqüência de uso dos empréstimos à luz de fatores sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2000-04-10

Como Citar

Kuyama, M. (2000). Fatores sociais e freqüência de empréstimos do português no japonês falado pelos imigrantes no Brasil - o caso do distrito federal. Estudos Japoneses, (20), 69-85. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7125.v0i20p69-85

Edição

Seção

não definida