Debates sociais da Espanha nos anos 50, a partir do enfoque narrativo em Últimas Tardes con Teresa (1966), de Juan Marsé

  • Romeu da Silva Teixeira Unesp Assis
Palavras-chave: Últimas tardes con Teresa, Juan Marsé, Espanha, Pijoaparte

Resumo

Juan Marsé nasceu em oito de janeiro de 1933, na cidade de Barcelona, Espanha. Escritor autodidata define-se como um romancista catalão que escreve em castelhano. Pertence ao grupo de jovens escritores que entre 1955 e 1970 procuram a superação da narrativa espanhola do ponto de vista das técnicas vigentes em seu tempo, e da visão crítica da realidade espanhola que eles próprios viveram, pois esses autores presenciaram a Guerra Civil Espanhola, sofreram as perdas de familiares e amigos e alguns foram exilados em outros países da Europa ou da América Latina. Relaciona-se com autores como Martín Santos, Juan e Luis Goytisolo, García Hortelano, compartilhando as suas características narrativas. Em 1966 publica Últimas tardes con Teresa, seu primeiro grande romance, que o faz ganhar o Prêmio Biblioteca Breve de Seix Barral. Suas obras, traduzidas para a maior parte de línguas do mundo, fizeram com que Barcelona ficasse conhecida até nos países mais distantes, pois a cidade é o cenário principal de suas obras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUILERA, José Luis Bellón. La mirada pijoapartesca (Lecturas de marsé). Ostrava: Cover & layout, 2009.
BASANTA, Ángel. La novela española de nuestra época. Madrid: Anaya, 1990.
BAKHTIN, M. Marxismo e Filosofia da Linguagem: Problemas fundamentais do Método Sociológico na Ciência da Linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 3. Ed. São Paulo: Hucitec, 1986.
BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoievski. Tradução de Paulo Bezerra. 5. Ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2015.
BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética. A teoria do romance. Trad. Aurora F. Bernardini et al.. 2. Ed., São Paulo: Ed. UNESP; HUCITEC, 1990.
BRAIT, Beth. Bakhtin: conceitos-chave/ Beth Brait, (org.) – São Paulo: Contexto, 2005.
BRAIT, Beth. Ironia em perspectiva polifônica. Campinas: Editora UNICAMP, 1996.
CUENCA, Josep Maria. Mientras llega la felicidad: Una biografía de Juan Marsé. Barcelona: Anagrama, 2015.
DÍAZ-PLAJA, Guillermo. La creación literaria en España: Primera Bienal de Critica: 1966-1967. Madrid: Aguilar, 1968.
FIORIN, José L. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2006.
GONZÁLEZ, Mario M. A saga do anti-herói: estudo sobre o romance picaresco espanhol e algumas de suas correspondências na literatura brasileira. São Paulo: Nova Alexandria, 1994.
GOYTISOLO, Juan. El furgón de cola. Barcelona: Seix Barral, 2001.
HUTCHEON, Linda. Poética do Pós-Modernismo: história, teoría, ficção. Tradução de Ricardo Cruz. Rio de Janeiro: Imago, 1991.
JEREZ-FARRÁN, Carlos. Ansiedad de influencia versus intertextualidad autoconciente en Tiempo de Silencio, de Luis Martín-Santos. Symposium, Washington, n. 42, p.119-132, 1988.
MARSÉ, Juan. Últimas tardes con Teresa. Barcelona: Seix Barral, 2005.
MARSÉ, Juan. Últimas tardes com Teresa. Tradução de Luís Carlos Cabral. Rio de Janeiro: Objetiva, 2015.
PÉREZ-REVERTE, Arturo. Prólogo. In: MARSÉ, Juan. Últimas tardes con Teresa. Barcelona: Seix Barral, 2003.
PIRES, Vera Lúcia e TAMANINI-ADAMES, Fátia A. Desenvolvimento do conceito bakhtiniano de polifonia. Estudos Semióticos, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 66-76, nov. 2010.
REIS, Carlos e LOPES, Ana C. M. Dicionário de teoria narrativa. São Paulo: Ática, 1988.
SANTOS, Luis A. B.; OLIVEIRA, Silvana P. Sujeito, tempo e espaço ficcionais. Introdução à Teoria Literária. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
SANZ VILLANUEVA, Santos. História de la novela social española (1942-1975), Vol. II. Madrid: Alhambra, 1980.
VÁZQUEZ, José Luis G. La novela de Juan Marsé : análisis de las tendencias y de las técnicas narrativas , 2000. Tesis (Doctorado en Filología Hispánica) – Facultad de Filología, Universidad Nacional de Educación a Distancia, España.
VILLANUEVA, Darío. Revisión de la novela social. Anuario de Estudios Filológicos, n. X, p.361-374. 1989.
Publicado
2019-09-24
Como Citar
da Silva Teixeira, R. (2019). Debates sociais da Espanha nos anos 50, a partir do enfoque narrativo em Últimas Tardes con Teresa (1966), de Juan Marsé. Revista Entrecaminos, 3(1), 52-61. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/entrecaminos/article/view/154035