Repercussões socioeconômicas do curso piloto de administração da UAB na visão de egressos e coordenadores

Autores

  • Lílian Ferrugini Universidade Federal de Lavras
  • Cleber Carvalho de Castro Universidade Federal de Lavras

DOI:

https://doi.org/10.1590/s1517-9702201506132787

Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar os fatores que levaram os egressos a fazer o curso piloto de administração à distância da Universidade Aberta do Brasil (UAB), os possíveis benefícios socioeconômicos e dificuldades percebidas por eles e pelos coordenadores. A coleta de dados deu-se em duas etapas. A primeira foi quantitativa de cunho descritivo-exploratório, feita a partir de um survey aplicado aos egressos do curso. Para essa etapa, realizou-se a análise descritiva e multivariada (análise decluster) dos dados. A segunda etapa foi qualitativa descritivo-exploratória, em que foram entrevistados coordenadores do curso, buscando identificar suas impressões acerca do curso e as possíveis dificuldades e benefícios que ele proporcionou para seus egressos. No total, 332 egressos responderam à pesquisa. Identificou-se que os fatores que mais influenciaram a realização do curso foram flexibilidade da educação à distância e a gratuidade do curso. Os benefícios sociais como maior capacidade de argumentação, aumento da autoconfiança, dentre outros, superaram os benefícios econômicos como aumento da renda e mudança de emprego. As principais dificuldades apontadas foram: falta de tempo para realizar as atividades do curso e dificuldade em aprender sozinho. Para os coordenadores, os benefícios sociais conseguidos pelos egressos também superaram os benefícios econômicos. Contudo, houve percepções opostas entre a visão dos egressos e dos coordenadores. Concluiu-se que o curso piloto tornou-se o marco para muitas Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES) expandirem a oferta de cursos à distância, ao passo que conseguiu proporcionar educação superior para pessoas que não teriam condições nos moldes tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Ferrugini, L., & Castro, C. C. de. (2015). Repercussões socioeconômicas do curso piloto de administração da UAB na visão de egressos e coordenadores . Educação E Pesquisa, 41(4), 993-1008. https://doi.org/10.1590/s1517-9702201506132787

Edição

Seção

Artigos