Desigualdades de gênero na universidade pública:a prática dos docentes das ciências agrárias em estudo

Autores

  • Ana Louise de Carvalho Fiúza Universidade Federal de Viçosa
  • Neide Maria de Almeida Pinto Universidade Federal de Viçosa
  • Elenice Rosa Costa Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1517-9702201609148223

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar as desigualdades de gênero existentes entre os docentes do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Viçosa (UFV), procurando identificar os fatores que poderiam influenciar esse viés de gênero. Buscou-se não apenas descrever as desigualdades de gênero nos espaços ocupados por homens e mulheres nos cursos de graduação e nos programas de pós-graduação do CCA/UFV, mas também compreender os mecanismos através dos quais as assimetrias de gênero se perpetuavam. Para tanto, utilizou-se o Currículo Lattes dos professores como fonte de informação para a análise das variáveis que apresentavam padrões diferenciados entre os docentes de ambos os sexos que atuavam nos programas de pós-graduação no campo das ciências agrárias na UFV. A análise dos dados relativos à distribuição por sexo também nos cursos de graduação do CCA visou a apresentar uma perspectiva completa das configurações de gênero em todas as instâncias acadêmicas: graduação, pós-graduação e docência. A grande pista que guiou as conclusões finais desta pesquisa foi alcançada a partir da percepção de que o vínculo de origem do docente mostrava relação com os padrões de orientação estabelecidos pelos professores na pós-graduação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2016-09-01

Como Citar

Fiúza, A. L. de C., Pinto, N. M. de A., & Costa, E. R. (2016). Desigualdades de gênero na universidade pública:a prática dos docentes das ciências agrárias em estudo . Educação E Pesquisa, 42(3), 803-818. https://doi.org/10.1590/S1517-9702201609148223

Edição

Seção

Artigos