Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente

Autores

  • Selma Garrido Pimenta Universidade de São Paulo
  • José Cerchi Fusari Universidade de São Paulo
  • Cristina Cinto Araujo Pedroso Universidade de São Paulo
  • Umberto de Andrade Pinto Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/s1517-9702201701152815

Resumo

O artigo tem como questão central os cursos de pedagogia organizados a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais de 2006. Seu objetivo é discutir a formação de professores polivalentes para a educação infantil e para os anos iniciais do ensino fundamental oferecida nesses cursos, a partir dos dados de pesquisa realizada em instituições públicas e privadas do estado de São Paulo, no período de 2012 a 2013, com apoio do CNPq. Para a abordagem quantitativa, foi utilizada a técnica de análise documental do conjunto das 144 matrizes curriculares obtidas. Como base para a abordagem qualitativa, os dados foram analisados a partir do cruzamento entre as características das instituições e as características das disciplinas que compõem suas matrizes curriculares. Os dados mostram que a maioria dos cursos de pedagogia no estado de São Paulo são oferecidos por instituições privadas, com cargas horárias mínimas e que não têm a pesquisa como inerente às suas características. A análise interpretativa dos resultados evidencia que os cursos de pedagogia estudados refletem os mesmos problemas apontados na literatura da área sobre as DCNCP/2006: a indefinição do campo pedagógico e a dispersão do objeto da pedagogia e da atuação profissional docente. Consequentemente, esses cursos, em sua maioria, não estão formando o pedagogo e, tampouco, um professor polivalente para a educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental, pois sua formação se mostra frágil, superficial, generalizante, fragmentada, dispersiva e sem foco. Na conclusão são apontados possíveis caminhos para superar alguns desses problemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-03-01

Como Citar

Pimenta, S. G., Fusari, J. C., Pedroso, C. C. A., & Pinto, U. de A. (2017). Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente. Educação E Pesquisa, 43(1), 15-30. https://doi.org/10.1590/s1517-9702201701152815

Edição

Seção

Artigos