Trabalho, carreira, desenvolvimento docente e mudança na prática educativa

Autores

  • Claudio Pinto Nunes Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Dalila Andrade Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.1590/s1517-9702201604145487

Resumo

O artigo propõe-se a discutir algumas questões encontradas na literatura recente sobre a profissão docente, nas condições de trabalho do professor, no desenvolvimento profissional, na carreira e na mudança na prática educativa. Esses pontos são tomados como basilares para a análise da melhoria e da mudança na escola, tanto no que diz respeito à melhoria da qualidade da aprendizagem pelos estudantes da educação básica quanto em relação aos aspectos relevantes para o decorrente avanço social que tais estudantes possam apresentar em face daquilo que aprenderam na educação básica. O texto defende uma maior articulação entre políticas públicas educacionais e trabalho docente, de modo que o professor não seja responsabilizado pelo fracasso ou sucesso da aprendizagem dos estudantes. Tal defesa decorre do entendimento de que as mudanças por que vêm passando as sociedades fazem com que haja a necessidade de uma escola cada vez mais atenta para as demandas de seu tempo, com desenvolvimento profissional do professor e com qualidade das condições de exercício da docência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-01

Como Citar

Nunes, C. P., & Oliveira, D. A. (2017). Trabalho, carreira, desenvolvimento docente e mudança na prática educativa. Educação E Pesquisa, 43(1), 66-80. https://doi.org/10.1590/s1517-9702201604145487

Edição

Seção

Artigos