Expansão da temática relações raciais no banco de dados de teses e dissertações da Capes

Autores

  • Amélia Artes Universidade de São Paulo; Fundação Carlos Chagas
  • Jesús Mena-Chalco Universidade Federal do ABC

DOI:

https://doi.org/10.1590/s1517-9702201702152528

Palavras-chave:

Relações raciais, Mapeamento, Pós-graduação, Teses e dissertações, Capes

Resumo

Nas últimas décadas observa-se uma ampliação das taxas de acesso à pós-graduação no Brasil. A caracterização do público que frequenta e finaliza essa etapa de escolarização tem sido objeto de um conjunto variado de projetos de pesquisa e publicações. Os estudos sobre a temática das relações raciais nesse universo podem ser analisados, dentre outras possibilidades, a partir da autoria de trabalhos por pós-graduandos negros ou como temática de estudo nas dissertações e teses produzidas. Neste trabalho, analisamos a evolução dos estudos sobre relações raciais considerando como fonte de dados os trabalhos de mestrado e doutorado defendidos nas instituições brasileiras e registradas no banco de teses e dissertações da Capes. Por meio da definição de 191 descritores, caracterizamos informações dos registros das teses e dissertações no período de 25 anos (1987-2011). Ao todo foram identificados 4.204 trabalhos sobre a temática, defendidos em oitocentos programas de pós-graduação de 161 universidades ou instituições de pesquisa. Existem evidências claras de que o crescimento na quantidade de teses e dissertações sobre relações é maior quando comparado à média de trabalhos defendidos no mesmo período, mostrando assim um crescente interesse sobre a temática, que pode estar associado à ampliação do acesso de negros ao ensino superior e, de forma ainda mais restrita, aos programas de pós-graduação. Outro aspecto importante explorado neste trabalho é que as mulheres são maioria nas produções identificadas na temática das relações raciais no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-12-01

Como Citar

Artes, A., & Mena-Chalco, J. (2017). Expansão da temática relações raciais no banco de dados de teses e dissertações da Capes. Educação E Pesquisa, 43(4), 1221-1238. https://doi.org/10.1590/s1517-9702201702152528

Edição

Seção

Artigos