Prevenção da indisciplina num agrupamento de escolas de Portugal

Palavras-chave: Indisciplina, Fatores internos e externos

Resumo

A indisciplina revela-se um conceito de difícil definição que surge invariavelmente associado ao contexto escolar. A definição de indisciplina assenta numa oposição clara ao conceito de disciplina e assume-se como uma quebra da ordem, de regras e de normas, prejudicando a prossecução e/ou alcance de um objetivo. Este estudo destina-se a analisar o fenômeno supracitado num agrupamento de escolas, nomeadamente ao nível do segundo ciclo, e verificar a adequação das medidas tomadas no combate à indisciplina. Recorreu-se a uma abordagem qualitativa, em que se pretendeu caracterizar a indisciplina no agrupamento de escolas em estudo, analisando os dados recolhidos através de um método interpretativo-qualitativo. Por meio dessa análise concluiu-se que, apesar de o agrupamento enveredar por combater o fenômeno de forma coerente com a legislação em vigor e implementar esforços para a sua erradicação, a indisciplina continua a persistir, devido a fatores internos e externos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-29
Como Citar
Santos, J. S., & Pascoinho, J. C. (2020). Prevenção da indisciplina num agrupamento de escolas de Portugal. Educação E Pesquisa, 46, e212779. https://doi.org/10.1590/s1678-4634202046212779
Seção
Artigos