Processos de significação na elaboração de conhecimentos de alunos com necessidades educacionais especiais

Autores

  • Maria Inês Bacellar Monteiro Universidade Metodista de Piracicaba
  • Ana Paula de Freitas Centro Universitário Moura Lacerda

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1517-97022013005000008

Resumo

Este estudo aborda a temática da educação inclusiva, com interesse nas práticas educacionais orientadas por relações de ensino significativas. Temos como objetivo refletir sobre o papel de educadores e pares diante das possibilidades de desenvolvimento e aprendizagem de alunos com necessidades educacionais especiais. Partimos do pressuposto de que o sujeito interativo elabora conhecimentos sobre objetos em processos necessariamente mediados pelo outro e constituídos pela linguagem, pelo funcionamento dialógico. Assumimos os princípios metodológicos da pesquisa histórico-cultural e utilizamos como forma de análise o que se denomina análise microgenética. Utilizamos um banco de dados composto por filmagens de práticas pedagógicas de uma sala de aula e gravações de reuniões periódicas ocorridas entre uma das pesquisadoras e a professora de um aluno do 1º ano do ensino fundamental, com 8 anos de idade e atraso no desenvolvimento global. Os resultados mostram que houve participação do outro nas atividades propostas, configurando relações intersubjetivas nem sempre harmoniosas e diferentes formas de envolvimento entre a professora e o aluno na dinâmica dialógica. As ações da professora ganham um lugar importante ao reconhecermos a relevância de sua participação no processo de elaboração do conhecimento escolar. Destacamos o papel que o outro representa no processo de ensino e aprendizagem e explicitamos modos de ação que podem contribuir, no âmbito educacional, para tornar o processo de ensino significativo também para os alunos com necessidades educacionais especiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-03-01

Como Citar

Monteiro, M. I. B., & Freitas, A. P. de. (2014). Processos de significação na elaboração de conhecimentos de alunos com necessidades educacionais especiais . Educação E Pesquisa, 40(1), 95-107. https://doi.org/10.1590/S1517-97022013005000008

Edição

Seção

Artigos