O desempenho das universidades brasileiras na perspectiva do Índice Geral de Cursos (IGC)

Autores

  • Celina Hoffmann Universidade Federal de Santa Maria
  • Roselaine Ruviaro Zanini Universidade Federal de Santa Maria
  • Ângela Cristina Corrêa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Julio Cezar Mairesse Siluk Universidade Federal de Santa Maria
  • Vitor Francisco Schuch Júnior Universidade Federal de Santa Maria
  • Lucas Veiga Ávila Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.1590/s1517-97022014041491

Resumo

A educação superior exerce papel fundamental no desenvolvimento econômico de determinado país, no que condiz ao atendimento das demandas da sociedade. A qualidade no contexto da educação superior tem sido tema recorrente nos últimos anos, sobretudo a partir da criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), que instituiu um sistema de avaliação institucional global e integrador condizente a todas as Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras, sendo responsável por produzir índices para mensuração da qualidade como o Indicador de Diferença dentre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o IGC, Índice Geral de Cursos, que mede o desempenho global da instituição. Diante disso, este estudo tem como objetivo analisar o IGC das universidades públicas e privadas das cinco regiões brasileiras, no intuito de caracterizar o desempenho das IES por região e verificar possíveis discrepâncias intra e inter-regionais identificando oportunidades de melhoria. Os resultados evidenciaram desempenho superior das universidades públicas em todas as regiões, tendo maior destaque as regiões norte e sudeste. Quanto à variabilidade, as regiões Centro-Oeste e Norte apresentaram os melhores desempenhos ambos condizentes ao setor privado. No entanto, para realizar uma avaliação consolidada do desempenho das IES por região faz-se necessário analisar, de forma integrada, os resultados do IGC alinhados aos demais subsistemas de avaliação que integram a avaliação multidimensional do SINAES.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2014-09-01

Como Citar

Hoffmann, C., Zanini, R. R., Corrêa, Ângela C., Siluk, J. C. M., Schuch Júnior, V. F., & Ávila, L. V. (2014). O desempenho das universidades brasileiras na perspectiva do Índice Geral de Cursos (IGC) . Educação E Pesquisa, 40(3), 651-665. https://doi.org/10.1590/s1517-97022014041491

Edição

Seção

Artigos