Sob outra perspectiva: a história oral nas obras de Svetlana Aleksiévitch

Autores

  • Maria Carolina Nascimento de Matos Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v10i2p38-59

Palavras-chave:

História oral, Memória, Svetlana Aleksiévitch, União Soviética

Resumo

O presente trabalho faz uma reflexão crítica acerca da história oral como empregada nas obras da escritora bielo-russa Svetlana Aleksiévitch. Svetlana encontrou na simplicidade da vida cotidiana as suas fontes para descrever os principais acontecimentos que abalaram não apenas o Estado soviético e a ideologia comunista, mas também a vida de seus cidadãos. A Segunda Guerra Mundial, o acidente na central nuclear de Chernobyl e a Perestroika são alguns desses acontecimentos. Ao se fazer um levantamento bibliográfico sobre o tema foi percebido que até o momento muito de seu trabalho tem sido interpretado em diálogo com a literatura e em menor medida com o jornalismo, a questão de suas obras serem um trabalho de história oral é sempre mencionada, entretanto nunca aprofundada. O que desejo é estabelecer uma conexão mais íntima entre suas obras e a história demonstrando que apesar de ser comum no meio editorial a publicação de suas obras usando a designação “história oral” não podemos considerar que o seu trabalho de fato utilize essa metodologia.  Para isso, darei ênfase a três de suas obras: A Guerra não tem rosto de mulher, Vozes de Tchernóbil e O fim do Homem Soviético conjuntamente com a bibliografia especializada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Carolina Nascimento de Matos, Universidade de São Paulo

Graduada em história pela Universidade de São Paulo (USP).

Referências

ALEKSIÉVITCH, Svetlana. A guerra não tem rosto de mulher. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

ALEKSIÉVITCH, Svetlana. Vozes de Tchernóbil: a história oral do desastre nuclear. São Paulo: Companhia das Letras, 2016a.

ALEKSIÉVITCH, Svetlana. O fim do homem soviético. São Paulo: Companhia das Letras, 2016b.

BÓSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979.

CALDAS, Alberto Lins. Transcrição em História Oral. Neho-História, São Paulo, nº 1, nov/ 1999, pp. 71 – 79.

EVANGELISTA, Marcela Boni. Dilemas da (sobre)vida: o aborto. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Orgs). Usos e abusos da história oral. 8. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

MEIHY, José Carlos Sebe B. Os novos rumos da história oral: o caso brasileiro. Revista de História, n. 155, 2006, pp. 191–203. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i155p191-203. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/19041. Acesso em: 19 out. 2020.

MEIHY, José Carlos Sebe B.; HOLANDA, Fabíola. História Oral: Como fazer, como pensar.São Paulo: Editora Contexto, 2019.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, nº 10, 1992, pp. 200-212. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1941/108. Acesso em: 20 mar. 2020.

PORTELLI, Alessandro. História oral como arte da escuta. São Paulo: Letra & Voz, 2016.

SEGRILLO, Angelo de Oliveira. A nova Rússia: balanços e desafios. In: II Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional: Seminário Rússia. Brasília: Funag, 2008, pp. 89-109. Disponível em: http://paineira.usp.br/lea/arquivos/trabalhos/angelo/10%20%20anovarussiabalancoedesafios.pdf. Acesso: 28 out. 2020.

SEGRILLO, Angelo de Oliveira. Rússia: Europa ou Ásia? A questão da identidade russa nos debates entre ocidentalistas, eslavófilos e eurasianistas e suas consequências hoje na política da Rússia entre Ocidente e Oriente. Curitiba: Editora Prismas, 2016.

THOMPSON, Paul. A voz do passado. 2. ed. São Paulo: Paz & Terra, 1998.

Sites:

A Conversation with Svetlana Alexievich By Ana Lucic. Dalkey Archive Press. Disponível em:

http://www.dalkeyarchive.com/a-conversation-with-svetlana-alexievich-by-ana-lucic/. Acesso em 19 mar. 2020.

Svetlana Alexievich: “Quando o povo falou, todos ficamos com medo”. EL PAÍS, 2015 Disponível em:

https://brasil.elpais.com/brasil/2015/10/10/cultura/1444492293_831692.html. Acesso em 14 jul. 2020.

Voices from Big Utopia. Disponível em: http://alexievich.info/. Acesso em 19 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-13

Como Citar

Matos, M. C. N. de. (2021). Sob outra perspectiva: a história oral nas obras de Svetlana Aleksiévitch. Epígrafe, 10(2), 38-59. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v10i2p38-59

Edição

Seção

Artigos