Gênero e virgindade no De Habitu Uirginarum (248-249) de Cipriano de Cartago: imagens e discursos no início do Cristianismo

Autores

  • Mariana Soares Gama de Amorim Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v10i2p396-415

Palavras-chave:

Cristianismo, Discurso, Gênero, Imagens, Virgindade

Resumo

Resumo: Este artigo apresenta uma discussão teórica acerca da virgindade enquanto estratégia discursiva de controle do corpo e da religiosidade feminina dentro de um contexto de formação do Cristianismo, a partir do De habitu uirginarum (248-249) de Cipriano de Cartago; tomando o gênero como norte teórico e a Análise Discursiva como método. Objetiva-se, nesse sentido, deixar claro quais são os mecanismos empregados nessa construção estratégica do discurso, que confere à virgindade um caráter doutrinal. Nesse panorama, conclui-se que os elementos textuais do corpus documental são estrategicamente estruturados com base em artifícios retóricos e evocando as Escrituras como forma de demonstrar autoridade. Além disso, sob uma ótica de gênero, essa construção está pautada num processo de significação das diferenças anatômicas, ditas como naturais quando, na verdade, são culturais; revelando assim uma lógica hierárquica em que opera o poderio masculino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Soares Gama de Amorim, Universidade Federal de Pernambuco

Graduanda do 3º período do Bacharelado em História pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE. Aluna pesquisadora voluntária do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC-UFPE), apoiado pela Propesq.

Referências

Documento

CIPRIANO. De habitu virginarum. In: Patrística: Cipriano de Cartago: obras completas I. Tradução realizada pelas monjas beneditinas da Abadia de N.S das Graças. Belo Horizonte: PAULUS Editora, 2016. p. 27-41.

Bibliografia específica

BEAUVOIR, S. O segundo sexo I: Fatos e Mitos. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1970.

BEAUVOIR, S. O segundo sexo II: A experiência vivida. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1967.

Bíblia Sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil. 2ed. Barueri- SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2008.

BOURDIEU, P. A dominação masculina. Rio de Janeiro: FGV, 2007

BROWN, Peter. Corpo e Sociedade: O homem, a mulher e a renúncia sexual no início do cristianismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1990.

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

FOUCAULT, Michel. Historia de la sexualidad IV: Las confesiones de la carne. Traducción de Horacio Pons. Siglo XXI. 2019

GODELIER, M. La Production des Grands Hommes. Pouvoir et domination masculine chez les Baruya de Nouvelle- Guinée. Homme, Année 1983, p. 141-142

GOMES, Cirilo Folch. Antologia dos Santos Padres: páginas seletas dos antigos escritores eclesiásticos. 4.ed. rev. São Paulo: Edições Paulinas. 1989.

KOSELLECK, Reinhart. Uma História dos conceitos: problemas teóricos e práticos. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, p. 134- 146, 1992

LE GOFF, Jacques; TRUONG, Nicolas. Uma história do corpo na Idade Média. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

SALISBURY, Joyce E. Pais da igreja, virgens independentes. São Paulo: Editora Página Aberta, 1995.

SCHMITT, Jean-Claude. Corpo e alma. In: LE GOFF. Jacques; SCHMIT. Jean-Claude. Dicionário Temático do Ocidente Medieval. São Paulo: Edusc, 2006, 2v. v.1. p. 250-264.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e realidade, v.20, n.2, p.71-99, 1995.

SOARES, C. S. O uso da metáfora sponsa Christi por Cipriano de Cartago como estratégia para disciplinar a virgem cristã. Romanitas: Revista de Estudos Greco-Latinas. 2018, Issue 11, p. 92-110

Downloads

Publicado

2021-07-13

Como Citar

Amorim, M. S. G. de. (2021). Gênero e virgindade no De Habitu Uirginarum (248-249) de Cipriano de Cartago: imagens e discursos no início do Cristianismo. Epígrafe, 10(2), 396-415. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8855.v10i2p396-415

Edição

Seção

Dossiê