EPÍSTOLAS: ESPINOSA E BOXEL

  • Samuel Thimounier Ferreira Universidade de São Paulo, São Paulo
Palavras-chave: Boxel, Espectros, Espíritos, Deus

Resumo

A troca epistolar de Espinosa com Hugo Boxel ocorreu de setembro de 1674 a meados de outubro ou novembro do mesmo ano. Foram escritas, até onde se sabe, seis cartas, três de cada um, todas elas em holandês. Há disponível, todavia, apenas a cópia do original de uma única delas, a epístola LIII, restando como fontes únicas as versiones latinas apresentadas nas Opera Posthuma. Toda a sequência argumentativa rende um interessantíssimo documento, frutífero no que atina a questões como fé e superstição. Aqui, todavia, não temos a pretensão de entrar no debate teórico. O que ora propomos é somente uma tradução integral da correspondência entre Espinosa e Boxel, entregando ao leitor uma versão em língua portuguesa que seja a mais justa e acurada possível, e que reproduza fielmente a terminologia técnica usada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samuel Thimounier Ferreira, Universidade de São Paulo, São Paulo
Universidade de São Paulo
Publicado
2016-12-24
Como Citar
Ferreira, S. (2016). EPÍSTOLAS: ESPINOSA E BOXEL. Cadernos Espinosanos, (35), 523-571. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2016.114992
Seção
Tradução