O PAPEL DA IMAGINAÇÃO NA FILOSOFIA POLÍTICA DE HOBBES

Autores

  • Clóvis Brondani Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2020.162092

Palavras-chave:

Hobbes, Imaginação, Razão, Paixões, Moral

Resumo

Este trabalho tem como objetivo tratar do papel da imaginação na filosofia política de Hobbes. Argumentamos que a reflexão de Hobbes sobre a imaginação conduz à distinção fundamental para sua filosofia política entre prudência e razão. A instituição da soberania consiste justamente na superação da dimensão da prudência através da razão. Assim, a filosofia política de Hobbes envolve a substituição de uma esfera de relações de poder, o plano da imaginação, por uma esfera de relações de direito no estado civil, o plano da razão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-29

Como Citar

Brondani, C. (2020). O PAPEL DA IMAGINAÇÃO NA FILOSOFIA POLÍTICA DE HOBBES. Cadernos Espinosanos, (42), 193-213. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2020.162092

Edição

Seção

Artigos