ESPINOSA E A CARTA DA PROBABILIDADE

Autores

  • Samuel Thimounier Ferreira Universidade de São Paulo
  • Carlos Henrique Melo de Souza Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2020.168720

Palavras-chave:

Espinosa, Probabilidade, Valor esperado, Cálculo de chances, Huygens

Resumo

Este estudo visa a apresentar e analisar a Carta XXXVIII, de 1º de outubro de 1666, escrita por Espinosa. De conteúdo exclusivamente matemático, seu texto responde a uma questão de probabilidade aplicada a jogos de apostas em que é preciso preservar, para todos os jogadores, a mesma chance de ganhar. Para isso, apresentaremos o contexto histórico e exporemos detalhadamente o uso e o sentido da terminologia empregada por Espinosa ao longo de suas explicações. Subsidiariamente, em apêndice, fornecemos, de maneira espelhada, o original holandês da carta e nossa tradução para o português.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-29

Como Citar

Ferreira, S. T., & Souza, C. H. M. de. (2020). ESPINOSA E A CARTA DA PROBABILIDADE. Cadernos Espinosanos, (42), 317 - 340. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2020.168720

Edição

Seção

Tradução