A gênese imaginativa da ideia de futuros contingentes em Espinosa e o argumento da batalha naval

Autores

  • Artur Farias Batista Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2022.193129

Palavras-chave:

Espinosa, Aristóteles, Futuros contingentes, Batalha naval, Imaginação, Tempo

Resumo

Este trabalho opõe o sistema espinosano tal como expresso nas partes I e II da "Ética" ao argumento da batalha naval. Faz-se isso primeiro enquanto preservadas todas as premissas, e em seguida enquanto extraída de seu sistema a explicação de Espinosa da gênese imaginativa da ideia de futuros contingentes. Examinar as implicações dessa explicação sobre o argumento da batalha naval — cuja conclusão é a realidade de futuros contingentes— é o principal objetivo do artigo. Propõe-se como resultado desse exame um enfraquecimento da relevância ontológica e ética do argumento aristotélico e, mais amplamente, a manifestação de um problema a argumentos que têm a concepção vulgar de tempo como parte de suas premissas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARISTÓTELES. (1963). Categories and De Interpretatione. Tradução e notas de J. L. Ackrill. Nova Iorque: Oxford University Press.

ARISTÓTELES (2008). Ethica Nicomachea II3-III8: tratado da virtude moral. Tradução, notas e comentário de Marco Zingano. São Paulo: Odysseus.

CHAUI, M. (2016). A nervura do real II: imanência e liberdade em Espinosa. São Paulo: Companhia das Letras.

ESPINOSA, B. (2015). Ética. Tradução Grupo de Estudos Espinosanos; coordenação Marilena Chaui. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.

GALLOIS, A. (2016). Identity over time, [Online]. Edição de Edward N. Zalta. The Stanford Encyclopedia of Philosophy. Disponível em: https://plato.stanford.edu/archives/win2016/entries/identity-time/ [02/12/2021].

HAACK, S. (1996). Deviant logic, fuzzy logic: beyond the formalism. Chicago e Londres: The University of Chicago Press.

PUGLIESE, N. (2017). Os três gêneros de conhecimento e a natureza de suas relações. In Spinoza e nós, volume 2: Spinoza atual/inatual. Organização por Rafael Caetano Becker et al. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio.

RICE, H. (2018). Fatalism, [Online]. Edição de Edward N. Zalta. The Stanford Encyclopedia of Philosophy. Disponível em: https://plato.stanford.edu/archives/win2018/entries/fatalism/ [31/07/2021].

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Batista, A. F. (2022). A gênese imaginativa da ideia de futuros contingentes em Espinosa e o argumento da batalha naval. Cadernos Espinosanos, (46), 233-256. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2022.193129

Edição

Seção

Artigos