A posição do agente da liberdade na ética V

Autores

  • Marilena Chaui Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2010.89380

Palavras-chave:

Sujeito, Agente, Substância, Contrariedade, Liberdade.

Resumo

O primeiro axioma da parte V da Ética de Espinosa suscita a interpretação do sujeito como espectador neutro (Macherey) ou sujeito vazio (Bove). A análise do termo “sujeito” mostra que Descartes empregava a palavra como substância, diferente da subjetividade kantiana; mas como explicar seu uso por Espinosa? A comparação desse axioma com o uso da “contrariedade” nas partes III e IV da Ética mostram em que sentido Espinosa emprega “sujeito”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-04-15

Como Citar

Chaui, M. (2010). A posição do agente da liberdade na ética V. Cadernos Espinosanos, (22), 11-25. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2010.89380

Edição

Seção

Artigos