Potência da razão e Liberdade humana: uma análise do prefácio, axiomas e das quatro primeiras proposições da Parte V da Ética

Autores

  • Adriana Belmonte Moreira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2010.89388

Palavras-chave:

Potência, Liberdade, Afeto, Razão, Vontade.

Resumo

Este artigo apresenta o sentido da sinonímia entre potência da razão e liberdade humana na Parte V da Ética, a partir de uma análise de seu prefácio, axiomas e quatro primeiras proposições. No decorrer de nossa análise mostramos porque a potência da qual trata Espinosa não é a de uma vontade livre, mas se identifica à potência da razão ou intelecto em realizar um império sobre os afetos, sendo precisamente o exercício deste governo o que oferece sentido à idéia de liberdade humana em Espinosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Belmonte Moreira, Universidade de São Paulo

Doutoranda do Departamento. de Filosofia da Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2010-04-15

Como Citar

Moreira, A. B. (2010). Potência da razão e Liberdade humana: uma análise do prefácio, axiomas e das quatro primeiras proposições da Parte V da Ética. Cadernos Espinosanos, (22), 141-160. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2010.89388

Edição

Seção

Artigos