[1]
M. F. de Paula, “São felizes os espinosanos? A felicidade em Espinosa – na teoria e na prática”, Cad. espinosanos, nº 44, p. pp. 109-132, jun. 2021.