1.
Xavier HP. ESPINOSA, MELANCOLIA E O ABSOLUTAMENTE INFINITO NA GEOMETRIA DOS INDIVISÍVEIS DO SÉCULO XVII. Cad. espinosanos [Internet]. 24 de dezembro de 2016 [citado 9 de março de 2021];0(35):295-347. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/espinosanos/article/view/121622