Um estudo semiótico de The Couple in the Cage: A Guatinaui Odyssey

Autores

  • Maria Vitória Laurindo Siviero Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2016.120538

Palavras-chave:

Performance, Arte, Semiótica

Resumo

Esse artigo discute a performance enquanto manifestação artística. Diante da dificuldade de precisar as características gerais desse gênero experimental, utilizei a semiótica como principal ferramenta para analisar um ato performático e compará-lo a outras duas obras, a fim de destacar a existência de fenômenos recorrentes nos diferentes casos. Por meio de uma abordagem greimasiana, foi analisada a obra “The Couple in the Cage: A Guatinaui Odyssey”, um ato performático realizado no ano de 1992, por dois artistas lanito-americanos, Guillermo Gomez-Peña e Coco Fusco, os quais, vestidos como aborígenes, trancaram-se em uma jaula e passaram três dias compondo parte do acervo de museus da Europa, EUA e México. A performance em questão foi comparada com “Rape Scene” (1973), da artista Ana Mendieta, e “First Woman at the Moon” (1999), realizada por Aleksandra Mir, sendo um dos principais objetivos dessa investigação o levantamento de elementos comuns a todas as obras, possibilitando uma observação mais precisa de tais fenômenos a fim de demonstrar que tais obras possuem aspectos por meio dos quais é possível agrupá-las na categoria “performance”, pois essa linguagem se difere de outras manifestações artísticas (como a música, teatro, pintura, etc.) e garante sua autonomia por meio de uma série de características próprias ao gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Vitória Laurindo Siviero, Universidade de São Paulo

Mestranda em Linguística pelo programa de pós-graduação de Semiótica e Linguística Geral da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2016-09-14

Como Citar

Siviero, M. V. L. (2016). Um estudo semiótico de The Couple in the Cage: A Guatinaui Odyssey. Estudos Semióticos, 12(1), 67-73. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2016.120538

Edição

Seção

Artigos