Figurativo, figural e plástico nos textos literários. Ainda a propósito de Pinóquio

Autores

  • Tarcisio Lancioni Universidade de Siena (Itália).

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2017.141614

Palavras-chave:

figuratividade, Pinóquio, semissimbolismo, formantes

Resumo

Partindo de uma detalhada discussão teórica sobre a problemática da figuratividade e do semissimbolismo nos textos literários, com base nos ensaios “Semiótica figurativa e semiótica plástica” de Greimas, publicado em 1984, e “A mitologia comparada”, de 1963, o artigo explora tais ideias na análise, revista e ampliada, de um trecho de Pinóquio, de Carlo Lorenzini (Collodi), para a qual interessam em especial os modos de articulação e de manifestação da dimensão figurativa, bem como os consequentes regimes de significação a partir daí produzidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tarcisio Lancioni, Universidade de Siena (Itália).

Professor de Filosofia e Teoria da Linguagem na Universidade de Siena e diretor do Centro de Semiótica e Teoria da Imagem “Oscar Calabrese”.

Downloads

Publicado

2017-12-20

Como Citar

Lancioni, T. (2017). Figurativo, figural e plástico nos textos literários. Ainda a propósito de Pinóquio. Estudos Semióticos, 13(2), 110-121. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2017.141614