Modos de contato na música cênica contemporânea

Autores

  • Gustavo Bonin Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2019.153770

Palavras-chave:

Modos de contato, Música cênica, Semiótica tensiva

Resumo

Com base nas direções propostas pelo texto “As condições semióticas das mestiçagem” de Claude Zilberberg, o artigo irá circunscrever a Música Cênica Contemporânea como uma prática que coloca em jogo o contato entre elementos musicais e cênicos, ambos regidos por uma organização musical subjacente. Na guia das diversas vertentes da música contemporânea e experimental, alguns autores ressaltam a presença cênica dos concertos de música utilizando estratégias de iluminação, figurino, gestualidade, encenação etc. Propomos observar as estratégias de dominâncias, transportes e ambivalências entre as presenças musicais e as presenças cênicas, através da configuração gradativa e aspectual dos modos de contato. Zilberberg prevê quatro estados aspectuaise graduais de interação, que vai da mais próxima à mais afastada [fusão – mescla – contiguidade – separação], e também duas sintaxes elementares da mistura, a de participaçãoe a de privação, em que se representa, aspectualmente, a movimentação das grandezas que constituem as presençasem contato. Por fim, esboçaremos uma descrição da regência musical como uma base sensível que orienta a percepção do sujeito envolvido na prática híbrida de Música Cênica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Bonin, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor substituto do Departamento de Musicologia da Escola de Música da Universidade
Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Referências

BARBER, Llorenç. Mauricio Kagel. Madrid: Círculo de Bellas Artes, 1987.
BARBER, Llorenç. Rompiendo las Barreras del Sonido e sobre Músicas Textuales y Visiva. In: RIBES, Adolf Murillo, GÓMEZ, Maravillas Díaz (orgs.). La mecánica de la creación sonora, p. 13-44. Espanha: 2017.
BERIO, Luciano. Dei suoni e delle immagini. Belgisch Tijdschrift voor Muziekwetenschap, Vol. 52, p. 67-71. Bélgica: 1998.
BONIN, Gustavo Cardoso. Quadro a Quadro: Música Cênica Brasileira. Dissertação de Mestrado defendida na Escola de Comunicação e Artes – USP. São Paulo, 2018.
CAGE, Jhon; KIRBY, Michael; SCHECHNER, Richard. An Interview with John Cage. In: The Tulane Drama Review, vol. 10, n. 2 (Winter, 1965), p. 50-72. Massachusetts: The MIT Press, 1965.
HEILE, Björn. The music of Mauricio Kagel. Aldershot: Ashgate, 2006.
HJELMSLEV, Louis Trolle. La categoría de los casos. Tradução de Félix Piñero Torre. Madrid: Gredos, 1978.
KAGEL, Mauricio. Tam tam. Monologues et dialogues sur la musique. Paris: Christian Bourgois, 1983.
MAGRE, Fernando. A música-teatro de Gilberto Mendes e seus processos composicionais. Dissertação de Mestrado defendida na Escola de Comunicação e Artes – USP. São Paulo, 2017.
TATIT, Luiz. Semiótica à luz de Guimarães Rosa. São Paulo: Ateliê Editorial, 2010.
ZILBERBERG, Claude. Elementos de semiótica tensiva. Tradução de Ivã Carlos Lopes, Luiz Tatit e Waldir Beividas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011.
ZILBERBERG, Claude. As condições semióticas da mestiçagem. In: CAÑIZAL, E. P. & CAETANO, L. E. (orgs.). O olhar à deriva: mídia, significação e cultura. São Paulo: Annablume, 2004.

Downloads

Publicado

2019-04-11

Como Citar

Bonin, G. (2019). Modos de contato na música cênica contemporânea. Estudos Semióticos, 15, 167-183. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2019.153770