Signo, significação e discurso

Autores

  • Rubens César Baquião Universidade Estadual Paulista J. M. Filho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2011.35250

Palavras-chave:

estrutura, semiótica das paixões, semiótica tensiva

Resumo

Este texto pretende apresentar as bases da teoria semiótica greimasiana e seus mais recentes desenvolvimentos teóricos. Os conceitos linguísticos propostos por Saussure e Hjelmslev são expostos e também é mostrado o desenvolvimento desses conceitos na semiótica das paixões e na semiótica tensiva. Um texto publicitário é destacado para demonstrar a aplicação da teoria. Esse texto publicitário organiza seu discurso sobre a figura de Jesus Cristo. A noção do poder espiritual de Cristo na sociedade ocidental possibilitou o entendimento e a integração dos valores internos e externos no conceito de homem. Os valores divergentes do eu e do outro – conceitos fundamentais no desenvolvimento do pensamento humano – são conciliados na noção de compaixão e martírio cristãos. É na ideia da compaixão de Cristo que o eu e o outro compartilham um espaço de valores comuns. Mas, nas representações contemporâneas da figura de Cristo, os valores cristãos-sacros se atenuam enquanto evolui uma estética da imagem de Cristo com outros valores integrados. A figura de Cristo continua reconhecível, mas o sagrado martírio deixa de ser um discurso central na contemporaneidade. Os símbolos e figuras religiosos e políticos são elementos fundamentais no campo cultural e as mudanças nos valores relacionados a essas figuras refletem (e refratam) mudanças na organização social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-19

Como Citar

Baquião, R. C. (2011). Signo, significação e discurso. Estudos Semióticos, 7(2), 52-62. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2011.35250

Edição

Seção

Artigos