Apontamentos para uma abordagem tensiva da metáfora

Autores

  • Ricardo Lopes Leite Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2011.35260

Palavras-chave:

metáfora, tensividade, isotopia, acontecimento, concessão

Resumo

Este artigo analisa a metáfora sob o viés da semiótica tensiva. O objetivo central é avaliar o rendimento analítico do aparato conceitual dessa proposta teórica na elucidação dos efeitos de sentido resultantes dos diferentes modos de manifestação da metáfora em diferentes tipos de textos. A base teórica utilizada toma como referência os trabalhos de Fontanille (2007), Fontanille e Zilberberg (2001) e Zilberberg (2004; 2006a; 2006b; 2007). Para examinar o funcionamento tensivo da metáfora, este estudo parte da suposição de que ela se deixa apreender no discurso em diferentes graus de presença, de intensidade. Além disso, a metáfora é assumida como um mecanismo de produção de sentidos, que estabelece a tensão entre duas ou mais isotopias, servindo-se, para isso, da disposição dos conteúdos discursivos em profundidade e de diferentes modos de existência semióticos. Ao estabelecer a aproximação tensiva entre planos de significação distintos, a metáfora reclama por uma sintaxe concessiva, que a torna um fenômeno impactante e inesperado, da ordem do acontecimento. Todavia, a análise de um pequeno exemplário de textos demonstra que fatores de ordens diversas podem contribuir para graduar o impacto da metáfora, aproximando-a ora do acontecimento, ora do fato, da rotina. Espera-se, assim, aprofundar a discussão acerca do papel dos elementos tensivos no funcionamento da metáfora no discurso em ato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-09

Como Citar

Leite, R. L. (2011). Apontamentos para uma abordagem tensiva da metáfora. Estudos Semióticos, 7(1), 31-38. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2011.35260

Edição

Seção

Artigos