O Estado Novo e sua relação com os imigrantes: a língua como defesa dos valores nacionais

Autores

  • Alexandre Marcelo Bueno Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de Linguística

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49199

Palavras-chave:

intolerância lingüística, imigração, História do Brasil, semiótica discursiva

Resumo

Ao propor uma idéia de homogeneidade cultural brasileira, o texto de Oliveira Viana, analisado neste trabalho, constrói uma imagem negativa de certos grupos imigrantes por considerá-los “inassimiláveis”. Dessa forma, abre-se espaço para a construção de um discurso intolerante e, mais especificamente, para a intolerância lingüística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-07

Como Citar

Bueno, A. M. (2008). O Estado Novo e sua relação com os imigrantes: a língua como defesa dos valores nacionais. Estudos Semióticos, (4). https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49199

Edição

Seção

Artigos