A missividade em "Ciao cadáver", de Delmo Montenegro

Autores

  • Camila dos Santos Ribeiro Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de Linguística

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49213

Palavras-chave:

semiótica tensiva, missividade, literatura contemporânea, poesia

Resumo

Em Razão e Poética do Sentido, Claude Zilberberg apresenta-nos o fazer missivo. Modulada por meio de paradas e continuações, a missividade seria um modo de organizar o fluxo discursivo de maneira sensível e, ainda, responsável pela espacialização e temporalização na geração do sentido. Investigaremos, portanto, a articulação da missividade no poema “Ciaocadáver”, de Delmo Montenegro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-07

Como Citar

Ribeiro, C. dos S. (2008). A missividade em "Ciao cadáver", de Delmo Montenegro. Estudos Semióticos, (4). https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49213

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)