Limiares, limites e modalidades em "Mais ou menos em ponto", de Paulo Leminski

Autores

  • Bruna Paola Zerbinatti Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de Linguística

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49220

Palavras-chave:

modalidades, tensividade, Paulo Leminski, poesia

Resumo

Partindo de um sujeito condenado a ser exato mas que deseja poder ser vago, o poema “Mais ou menos em ponto”, de Paulo Leminski, convida a uma reflexão envolvendo as modalidades e os conceitos de limite e limiar, segundo uma abordagem tensiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-07

Como Citar

Zerbinatti, B. P. (2008). Limiares, limites e modalidades em "Mais ou menos em ponto", de Paulo Leminski. Estudos Semióticos, (4). https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2008.49220

Edição

Seção

Artigos