Estratégias enunciativas em “Tão felizes” de Ivan Ângelo

Autores

  • Renata Cristina Duarte Universidade de Franca ( UNIFRAN )
  • Vera Lucia Rodella Abriata Universidade de Franca ( UNIFRAN )

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2013.69530

Palavras-chave:

estratégias enunciativas, figuratividade, veridicção

Resumo

O conto “Tão Felizes”, de Ivan Ângelo, é objeto de análise deste trabalho, que se vale do referencial teórico da Semiótica Francesa. O conto simula o diálogo entre um sujeito feminino e seu marido, no presente da enunciação, no dia posterior a uma noite de festa em que ambos estiveram presentes. O texto manifesta apenas a fala do sujeito feminino na qual se revela a imagem que ela possui do marido e do casamento. O objetivo deste trabalho é analisar as estratégias enunciativas de que se vale o enunciador do texto para levar o enunciatário a apreender o modo como se constrói a imagem do esposo e do casamento no nível da enunciação enunciada e seu redimensionamento operado pelo sujeito da enunciação. Segundo a teoria semiótica, é o contrato de natureza fiduciária que fundamenta o regime de adesão do enunciatário-leitor ao texto que lê. Para adquirir conhecimento do fazer persuasivo do enunciador e do fazer interpretativo do enunciatário é necessário analisar o estatuto da figuratividade que se manifesta no texto, pois uma das formas de adesão do enunciatário ao texto enunciado se dá por meio da construção da figuratividade, especialmente na literatura, que tem como uma de suas principais propriedades a revisão constante do contrato de veridicção figurativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-29

Como Citar

Duarte, R. C., & Abriata, V. L. R. (2013). Estratégias enunciativas em “Tão felizes” de Ivan Ângelo. Estudos Semióticos, 9(2), 28-34. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2013.69530

Edição

Seção

Artigos