“A terceira margem do rio”: Semiótica e poética em Guimarães Rosa

Autores

  • Geraldo Vicente Martins Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2014.83484

Palavras-chave:

semiótica discursiva, poeticidade, literatura brasileira, Guimarães Rosa

Resumo

Neste trabalho, analisam-se alguns procedimentos expressivos que configurariam a poeticidade no conto “A terceira margem do rio”, do escritor brasileiro Guimarães Rosa. Para tanto, recorre-se ao instrumental da semiótica discursiva, teoria segundo a qual a poeticidade pode ser encontrada em um texto quando categorias do plano da expressão tornam-se homologáveis às do plano do conteúdo, levando a mensagem a obter maior grau de encanto e eficácia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-08-08

Como Citar

Vicente Martins, G. (2014). “A terceira margem do rio”: Semiótica e poética em Guimarães Rosa. Estudos Semióticos, 10(1), 20-26. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2014.83484

Edição

Seção

Artigos