Elementos de passionalização no RAP

Autores

  • Marcelo Segreto Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2014.90148

Palavras-chave:

rap, canção popular, semiótica

Resumo

Este artigo estuda os procedimentos de compatibilização entre melodia e letra definidos por Luiz Tatit, em especial a passionalização presente na canção do gênero rap. Os elementos passionais podem ser observados na entoação do cantor, em trechos instrumentais ou vocais e em samples utilizados pelos DJ‘s (como, por exemplo, nas apropriações de músicas de autores que fazem parte da história da black music). Esta é uma perspectiva pouco usual para o estudo deste gênero de canção, mais ligado ao procedimento da figurativização e
ao recurso musical da tematização (pela presença marcante do ritmo). Contudo, ao examinarmos mesmo que superficialmente obras dos principais rappers brasileiros, podemos notar a presença constante de elementos passionalizantes que fazem atenuar a remissão à fala. Passionalização advinda do conteúdo disjuntivo de grande parte das letras, bem como por sua inserção dentro de uma tradição da musica negra norte-americana em que as canções passionais são muito frequentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-13

Como Citar

Segreto, M. (2014). Elementos de passionalização no RAP. Estudos Semióticos, 10(2), 79-87. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2014.90148

Edição

Seção

Artigos