[1]
R. S.-S. G. Falcón, “Questões de gênero nas Catilinárias”, Estud. semiót., vol. 5, nº 1, p. 9-16, jun. 2009.