A singularização do laço na educação infantil: por uma indeterminação necessária

Autores

  • Helena Schafirovits Morillo Universidade de São Paulo; Instituto de Psicologia
  • Paula Fontana Fonseca Universidade de São Paulo; Instituto de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p391-399

Resumo

Este texto situa-se na interface da psicanálise com a educação. Partimos da experiência de estágio realizada em uma escola de educação infantil e utilizamos a metodologia IRDI que estuda a relação do educador com o bebê dando ênfase à singularização do laço no ato educativo. Pensando a possibilidade de se sustentar um saber não-todo sobre o outro, em que a indeterminação tem lugar, problematizamos o que chamamos de "função-educador" e "sujeito-educador" tendo por pano de fundo situações vividas ao longo do período de estágio com o intuito de discutir o ato educativo no cenário pedagógico contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Morillo, H. S., & Fonseca, P. F. (2015). A singularização do laço na educação infantil: por uma indeterminação necessária . Estilos Da Clinica, 20(3), 391-399. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p391-399

Edição

Seção

Dossiê