As dificuldades de aprendizagem e a ciência psiquiátrica: uma leitura crítica

Autores

  • Maria Alice Moreira Lima Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Departamento de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p441-458

Resumo

Neste artigo propõe-se uma análise crítica dos modos como as dificuldades de aprendizagem foram abordadas pela ciência psiquiátrica quando de seu surgimento como um problema social. A despeito da diversidade de teorias sobre a criança e seu desenvolvimento produzidas na primeira metade do século XX, identificamos a predominância de uma abordagem funcionalista, tendência evidente tanto nos esforços em busca de uma causalidade orgânica quanto na consideração de uma "causalidade psíquica" nas justificativas das dificuldades de aprendizagem. Em ambos os casos fica patente o silenciamento das crianças, tratadas como mero objeto das mais diversas especulações científicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Lima, M. A. M. (2015). As dificuldades de aprendizagem e a ciência psiquiátrica: uma leitura crítica . Estilos Da Clinica, 20(3), 441-458. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p441-458

Edição

Seção

Dossiê