Acompanhamento terapêutico escolar e autismo: caminhos para a emergência do sujeito

Autores

  • Verônica Gomes Nascimento Universidade Federal da Bahia
  • Alan Souza Pereira Silva Universidade Federal da Bahia
  • Maria Virgínia Machado Dazzani Universidade Federal da Bahia; Instituto de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p520-534

Resumo

O objetivo do artigo é relatar uma experiência de acompanhamento terapêutico escolar com uma criança autista, realizado durante três anos e meio em uma escola particular de Salvador. Os dados foram registrados em um diário de campo e analisados a partir da abordagem psicanalítica. Observaram-se avanços significativos relacionados à emergência do sujeito, como mudanças na fala, no reconhecimento de si, do corpo e no brincar simbólico. A prática mostra-se como um recurso importante para a inclusão e para o desenvolvimento de crianças autistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Nascimento, V. G., Silva, A. S. P., & Dazzani, M. V. M. (2015). Acompanhamento terapêutico escolar e autismo: caminhos para a emergência do sujeito . Estilos Da Clinica, 20(3), 520-534. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i3p520-534

Edição

Seção

Experiência Institucional