Melanie Klein e o processo de formação dos símbolos

revisitando o caso Dick

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v25i3p552-567

Palavras-chave:

Melanie Klein, clínica, infância, símbolo, psicanálise

Resumo

Este artigo apresenta as principais contribuições de Melanie Klein a respeito da compreensão do processo de formação dos símbolos no psiquismo. Para tanto, inicia-se a discussão pontuando alguns aspectos históricos da clínica e do pensamento kleiniano, ao destacar suas elaborações acerca do processo de aprendizagem e da análise do brincar. Descreve-se, brevemente, a noção de mundo interno e a importância das relações objetais primitivas. Em seguida, discute-se o caso Dick, um paciente supostamente autista atendido por Klein e que foi crucial para a autora repensar as suas práticas de análise e a própria origem da função simbólica. A fim de complementar a discussão, citamos as colaborações de Hanna Segal, psicanalista que estudou o tema com profundidade, tecendo acréscimos originais. Por fim, sugere-se uma possível reflexão sobre a atuação do analista frente à contextos desafiadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Patricio de Almeida, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Psicanalista. Doutorando em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), docente da Universidade Paulista (UNIP), São Paulo, SP, Brasil.

Referências

Almeida, A. P. (2018). Psicanálise e educação escolar: contribuições de Melanie Klein. São Paulo, SP: Zagodoni.

Cintra, E. M. U. & Figueiredo, L. C. (2010). Melanie Klein. Estilo e pensamento. São Paulo, SP: Escuta.

Cintra, E. M. U. (2018). Reflexões a partir e para além de Melanie Klein. In E. M. U. Cintra & M. F. R. Ribeiro. Por que Klein? São Paulo, SP: Zagodoni.

Cintra, E. M. U. & Ribeiro, M. F. R. (2018). Por que Klein? São Paulo, SP: Zagodoni.

Figueiredo, L. C. (2018). A matriz freud-kleiniana. In L. C. Figueiredo; & N. E. Coelho Jr. (Orgs.), Adoecimentos psíquicos e estratégias de cura: matrizes e modelos em psicanálise (pp. 41-116). São Paulo, SP: Blucher.

Garcia-Fons, T.; & Veney-Perez, M.-C. (2001). In J.-D. Nasio, Os grandes casos de psicose (V. Ribeiro, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Greenberg, J. R. & Mitchell, S. A. (1994). Relações objetais na teoria psicanalítica (E. O. Diehl, trad.). Porto Alegre, RS: Artes Médicas.

Grosskurth, P. (1992). O mundo e a obra de Melanie Klein (P. M. Rosas, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago.

Lacan, J. (1979). O Seminário, livro 1: Os escritos técnicos de Freud (B. Milan, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Trabalho original proferido em 1953-54).

Klein, M. (1996). Fundamentos psicológicos da análise de crianças. In M. Klein. A psicanálise de crianças (L. P. Chaves, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1926).

Klein, M. (1996). Situações de ansiedade infantil refletidas em uma obra de arte e no impulso criativo. In M. Klein. Amor, culpa e reparação e outros trabalhos (1921-1945) (A. Cardoso, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1929).

Klein, M. (1996). A importância da formação de símbolos no desenvolvimento do ego. In M. Klein. Amor, culpa e reparação e outros trabalhos (1921-1945) (A. Cardoso, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1930).

Klein, M. (1996). Inveja e gratidão. In M. Klein. Inveja e gratidão e outros trabalhos (1946-1963) (L. P. Chaves, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1957).

Klein, M. (1996). Sobre a saúde mental. In M. Klein. Inveja e gratidão e outros trabalhos (1946-1963) (L. P. Chaves, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1960).

Kristeva, J. (2002). O gênio feminino: a vida, a loucura, as palavras: Hanna Arendt, Melanie Klein, Colette. Tomo II. Rio de Janeiro, RJ: Rocco.

Segal, H. (1982). Notas a respeito da formação de símbolos. In H. Segal. A obra de Hanna Segal: uma abordagem kleiniana à prática clínica (E. Nick, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1957).

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

Almeida, A. P. de. (2020). Melanie Klein e o processo de formação dos símbolos: revisitando o caso Dick. Estilos Da Clinica, 25(3), 552-567. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v25i3p552-567