Como o método de observação direta do comportamento do bebê e da criança pode contribuir para avanço da pesquisa clínica psicanalítica?

Autores

  • Camila Saboia Hospital Necker; Programme International pour le Langage de l'Enfant

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v15i2p434-441

Palavras-chave:

método de observação, método de tratamento, intervenção precoce, pesquisa em psicanálise

Resumo

Propomos uma reflexão sobre as interfaces entre o método de observação e o método de tratamento no avanço da pesquisa clínica psicanalítica. A clínica precoce nos convoca à necessidade de uma redimensão do objeto de estudo, pois intervirmos num tempo que antecede aquele do da linguagem. Nesse sentido, interrogamos se o valor metafórico da palavra poderia ser comparado ao valor dos gestos e do comportamento do bebê. Winnicott, ao enfatizar sobre a diferença entre "primitivo" e o "profundo", oferece-nos novos subsídios para compreender que a "criança da observação" e a "criança da cura analitica" não são antagônicas, mas sim complementares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-01

Como Citar

Saboia, C. (2010). Como o método de observação direta do comportamento do bebê e da criança pode contribuir para avanço da pesquisa clínica psicanalítica?. Estilos Da Clinica, 15(2), 434-441. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v15i2p434-441