Existe um lugar para os pais reais: some thoughts about the place of parents and reality in the kleinian's psychoanalysis

Autores

  • Audrey Setton Lopes de Souza Instituto Sedes Sapientiae; Departamento de Psicanálise da Criança

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v17i2p278-289

Palavras-chave:

Melanie Klein, relação mãe-bebê, identificação projetiva, técnica psicanalítica, objeto real

Resumo

Muitas críticas são feitas à teoria kleiniana. Ela tem sido criticada por conferir espaço privilegiado ao mundo interno, negligenciando o papel que o mundo externo - os pais reais - teria sobre o desenvolvimento da criança. O que pretendo explorar neste trabalho é como, especialmente a partir do conceito de identificação projetiva, a pessoa real dos pais e do analista passa a ser primordial na teoria e na técnica de orientação kleiniana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-01

Como Citar

Souza, A. S. L. de. (2012). Existe um lugar para os pais reais: some thoughts about the place of parents and reality in the kleinian’s psychoanalysis. Estilos Da Clinica, 17(2), 278-289. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v17i2p278-289

Edição

Seção

Dossiê: A Clínica Psicanalítica com Crianças: Desafios e Resultados