A inclusão do estranho

Autores

  • Sílvia de Paula Gorzoni Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul; Programa de Saúde Escolar; Serviço de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v6i10p79-88

Palavras-chave:

Psicose, Nome-do-Pai, escrita, escola

Resumo

Este artigo apresenta um caso em tratamento na Lugar de Vida e mostra o percurso desse paciente, do interesse pela escrita para a inclusão efetiva na escola comum. Ele pretende discutir sobre a possibilidade de uma criança com diagnóstico de psicose ter a condição de freqüentar a escola. A clínica e a escola podem beneficiar uma criança com Distúrbio Global do Desenvolvimento, preservando cada uma a sua especificidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2001-06-01

Como Citar

Gorzoni, S. de P. (2001). A inclusão do estranho. Estilos Da Clinica, 6(10), 79-88. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v6i10p79-88

Edição

Seção

Dossiê