O lúdico no atendimento de crianças com deficiência: uma reflexão sobre a produção cultural na infância

Autores

  • Marisa Takatori Centro Universitário São Camilo
  • Edda Bomtempo Universidade de São Paulo
  • Fernanda de Souza Dalti Pereira Centro Universitário São Camilo
  • Luana Wang Lin Centro Universitário São Camilo
  • Luciana Orui Bansi Centro Universitário São Camilo
  • Ricardo Lopes Correia Centro Universitário São Camilo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v12i23p90-107

Palavras-chave:

Criança com deficiência, Lúdico, Brincar, Cultura, Terapia ocupacional

Resumo

O artigo propõe discutir as atividades que a criança com defici ência realiza durante o processo de terapia ocupacional vistas como produções singulares de cultura e expressão da subjetividade. Para tal, numa investigação onde os campos da subjetividade e do simbolismo estão presentes, utilizou material da experiência clínica com crianças que têm deficiência coletado da leitura de prontuários e dos registros das observa ções vivenciadas pelo terapeuta num diário de campo. Verificou- se a possibilidade de uma reflexão sobre a consideração cultural das produções das crianças, como favorecedoras do seu reconhecimento e da sua participação ativa na realidade compartilhada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Takatori, M., Bomtempo, E., Pereira, F. de S. D., Lin, L. W., Bansi, L. O., & Correia, R. L. (2007). O lúdico no atendimento de crianças com deficiência: uma reflexão sobre a produção cultural na infância. Estilos Da Clinica, 12(23), 90-107. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v12i23p90-107

Edição

Seção

Dossiê: Terapêutica e Estílos da Clínica