Inibição na produção de texto

Autores

  • Anna Rita Sartore Universidade Ibirapuera

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v13i24p132-145

Palavras-chave:

psicanálise, educação, inibição, literatura, escrita

Resumo

Fazendo uso de balizas da psicanálise a partir de Freud e Lacan considera-se que a inibição da escrita e a produção de textos que infringem a norma culta não são eventos gerados por déficit cognitivo do aluno e sim resultado de fenômenos da ordem do inconsciente, desencadeados pelo receio do sujeito em desvelar a imagem do próprio corpo através da representação num suporte concreto. Discute-se também um possível efeito de relançamento na escrita, decorrente da fruição da literatura e as conseqüências indesejáveis da operacionalização de obras literárias nas tarefas escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-06-01

Como Citar

Sartore, A. R. (2008). Inibição na produção de texto. Estilos Da Clinica, 13(24), 132-145. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v13i24p132-145