[1]
Gonçalves, C.V. 2019. O brincar como experiência intersubjetiva de comunicação no psicodiagnóstico interventivo infantil. Estilos da Clinica. 24, 3 (dez. 2019), 482-496. DOI:https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v24i3p482-496.