[1]
M. Kamers, “Da criança a matar à morte da criança: reflexões psicanalíticas sobre a medicalização na infância”, Estilos Clín. (Online), vol. 23, nº 3, p. 684-685, dez. 2018.